Cultura e Lazer

10 anos de Turismo Industrial com 283 000 visitantes

• Favoritos: 90


Há 10 anos, no dia 23 de janeiro de 2012, realizaram-se as primeiras visitas aos Circuitos pelo Património Industrial de S. João da Madeira. O Turismo Industrial celebra a data com 283 000 visitantes e trata-se de um projeto de futuro.

O projeto arrancou em 2012. O Programa de Turismo Industrial de S. João da Madeira assinalou, na última segunda-feira, dia 24, duas décadas de plena atividade, com mais de 283 000 visitantes.
Os dados foram avançados pelo presidente da Câmara de S. João da Madeira durante a cerimónia, que decorreu, na Casa da Criatividade, que garantiu que “S. João da Madeira soube transformar a sua indústria num produto cultural e turístico”, salientando ainda a importância do programa de Turismo Industrial do município, que “valoriza o trabalho, a produção e os operários”, assegura o autarca.
O roteiro inclui mais de duas dezenas de locais de visita, onde se destacam as visitas aos museus da chapelaria e do calçado ou ao núcleo histórico da antiga metalúrgica Oliva, fábricas onde se destaca a Viarco, como aquela que foi a mais visitada, com 37,4%. O edil explicou que a procura por este património recai principalmente da comunidade portuguesa.
Além da única fábrica de lápis no país, a segunda maior procura recai nos museus da chapelaria e do calçado, que receberam 31% do total dos visitantes. A visita às fábricas de sapatos e respetivos componentes rondou os 16,4%, seguindo-se o circuito da chapelaria, que integra a fábrica de Feltros Fepsa e a Cortadoria Nacional do Pelo.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3876 de O Re­gi­onal,
pu­bli­cada em 27 de janeiro de 2022

90 Recomendações
152 visualizações
bookmark icon