Opinião

Pingo de chuva...

• Favoritos: 48


O agravamento da pandemia, os números a subirem todos os dias... quando perguntamos às pessoas como vão indo é frequente responderem “Vamos indo entre os pingos da chuva!!!
É com alegria que nos apercebemos que alguns dos nossos amigos ainda não foram infectados com este novo vírus que veio para ficar. Porque, pelo andar da carruagem, começo a temer que, mais tarde ou mais cedo, não serão só pingos de chuva, mas sim um verdadeiro dilúvio... acabando por todos termos sido infectados. A questão é que, às tantas, até será positivo, não sabemos...
E é esta dúvida do desconhecido que nos vai afectando diariamente. Somos assaltados por enormes dúvidas... O facto de estarmos vacinados, será o “guarda-chuva” suficiente para nos proteger? Para não sermos atingidos? Começo a dar razão àqueles que lançam avisos em relação à saúde mental. É mais um motivo para tomarmos as necessárias precauções.
Distrações não faltam... Para quem gosta de ténis, da Austrália veio a novela Djokovic. Regras são regras, mesmo para o número um mundial. Entretanto, o Open da Austrália lá começou e com bastantes motivos de interesse. Por cá também temos fortes motivos para nos distrairmos, basta assistir aos debates televisivos com os nossos mais credenciados políticos. Se quiserem rir um pouco alternem o debate político com um debate sobre futebol, as coincidências são enormes! Ao circular cá pelo burgo, deparo-me com algumas filas de pessoas que esperam a sua vez para fazer o teste... começo a recear a histeria!
A música continua a ser uma boa companhia, revisitei Carlos Santana. Os livros também ajudam... para esta semana um clássico “Há sempre um amanhã”, de Pearl S. Buck.
Amigos, protejam-se!

48 Recomendações
68 visualizações
bookmark icon