Desporto

O Andebolmania está de volta

• Favoritos: 86


Após dois anos de interregno motivados pela Pandemia, o Andebolmania regressa em 2022 e promete duas edições. O evento a que a cidade já se habituou e que por alturas da Páscoa anima a cidade com milhares de visitantes de vários países regressa.

O Regional: O Andebolmania regressa, em que moldes? Será idêntico às edições anteriores?
José Pedro: A base será essencialmente a mesma, no entanto devido à situação que vivemos e também ao bom senso, decidimos fazer duas edições, ambas ligeiramente mais pequenas do que o habitual.
Nas últimas edições realizadas, o Andebomania albergava cerca 130 equipas por altura da Páscoa. Tomamos a decisão de reduzir a dimensão neste ano de regresso para 80 equipas, mantivemos o torneio na Páscoa de 13 a 16 de Abril e realizaremos o Andebolmania Summer Challange de 30 de Junho a 03 de Julho. Haverá algumas mudanças no sentido de evitar os grandes aglomerados e um plano relativo ao COVID que será adaptado ao contexto no momento da realização, que esperemos, seja mais favorável.

As equipas estão recetivas ao torneio, ou ainda há receios?
O que notamos é uma vontade muito grande das equipas em voltar à normalidade, aliado também a algum receio. Está na altura dos grandes eventos voltarem, obviamente com segurança e o Desporto anseia e necessita de voltar ao normal.

A equipa que organiza o Torneio é a mesma de sempre ou tem havido alterações?
O torneio é organizado pela secção de Andebol da ADS, aliás, como sempre tem sido! As equipas são dinâmicas, pelo que há sempre saídas e entradas em todas as edições. É um esforço feito pelas pessoas da cidade que gostam de Andebol e da ADS. É um trabalho voluntário muito duro que só se consegue fazer se houver paixão pelas duas coisas.
O torneio existe também para dar competição às equipas de Andebol do clube, mas é essencialmente uma ação desenvolvida para ajudar financeiramente a secção e permitir que se consiga as performances desportivas.
Obviamente beneficiam deste evento todas as pessoas da cidade, com especial incidência nos comerciantes de hotelaria e restauração.

Obviamente o torneio tem um orçamento elevado e conta com parceiros a apoiar, podemos saber como se compõe essa estrutura?
Claro que sim, seria impossível fazer algo desta dimensão sem o contributo de várias entidades. O primeiro parceiro e fundamental, é a Câmara municipal, este ano temos também um parceiro/ Main sponsor privado que é um Empresa local, a KLEBERT. Temos também a Federação Portuguesa de Andebol, Associação de Andebol de Aveiro e a Junta de Freguesia, temos também alguns sponsors muito importantes como o Hotel AS e a Mac Donald´s e o Grupo CMP que habitualmente monta uma um centro de serviços médicos de Campanha no Pavilhão das Travessas.

Ao nível de visitantes de outros países, ou equipas, já há algumas confirmações?
Neste momento, posso adiantar que deverão cá estar em peso os dois “grandes” de Lisboa, três seleções nacionais e duas distritais. Está também confirmada uma equipa de França e muitas de Espanha com especial incidência da Galiza.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3875 de O Re­gi­onal,
pu­bli­cada em 20 de janeiro de 2022

86 Recomendações
716 visualizações
bookmark icon