Sociedade

Presépio Paroquial foi vandalizado

• Favoritos: 39


O presépio paroquial, que se encontrava montado no patamar em frente à Igreja Matriz de S. João da Madeira, foi vandalizado na madrugada do dia 9.

Segundo um elemento da organização, os responsáveis pelo ato terão atuado durante a madrugada “somente com o objetivo de destruir o trabalho realizado”, desfazendo algumas das imagens, “construídas com muito trabalho, carinho e dedicação”.
A mesma responsável adiantou a ‘O Regional’ que o presépio já tinha sido alvo de “uma pequena brincadeira”, logo nos primeiros dias após a sua montagem.
No momento, são desconhecidos o autor ou os autores deste ato tão reprovável, tendo “roubado a imagem do Menino Jesus”, arrancaram ainda “cabeças e vandalizaram outras imagens”, levaram lâmpadas, fios elétricos e “dispersaram o musgo, transformando o Presépio num cenário desolador”, enfatiza.
Álvaro Rocha, pároco de S. João da Madeira, garante que foi feito “um grande investimento” no presépio, não monetário, “mas em tempo e sacrifício. Sentimo-nos desrespeitados. Há uma cultura de agressividade contra os símbolos religiosos que me parece incompreensível”.
O abade explica que os acontecimentos, “primeiros e últimos, coincidem no dia da semana, ao sábado à noite. A zona da igreja matriz tem sido regularmente alvo de vandalismo - acho que merecia mais atenção e vigilância - não é uma zona de muito movimento à noite, e proporciona-se a encontros e a práticas irresponsáveis”, rematou.

 

39 Recomendações
229 visualizações
bookmark icon