Política

“Estado deveria dar às famílias a possibilidade de optar entre a escola pública e privados”

• Favoritos: 11


Cotrim de Figueiredo visitou esta semana um estabelecimento de ensino privado em S. João da Madeira e defendeu que o Governo deveria permitir que os encarregados de educação pudessem optar entre a escola pública ou privada.

O Presidente da Iniciativa Liberal (IL) disse na última terça feira, dia 11, ao final da tarde, em S. João da Madeira, que o “Estado deveria dar às famílias a possibilidade de optar entre a escola pública e os estabelecimentos de ensino privado”, definindo um valor “igual para todos”, que seria atribuído aos agregados.
João Cotrim Figueiredo visitou o colégio privado “Centro de Educação Integral” (CEI), na companhia de Cristiano Santos, cabeça-de-lista por Aveiro, e reforçou a proposta liberal de que um ensino de qualidade “só poderá ser proporcionado a todas as crianças e jovens através da liberdade de escolha”.
Em S. João da Madeira, constatou a “enorme qualidade” do CEI, colégio que leciona da creche e pré ao 12º ano de escolaridade, baseado num complexo de edifícios e espaços dotados de variadas valências.
Sobre a campanha para as legislativas, João Cotrim Figueiredo afirmou aos jornalistas as prioridades programáticas da Iniciativa Liberal, enaltecendo o “crescimento do país, como a prioridade absoluta” do seu partido. Defendeu também “uma reforma estrutural” do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que permita melhorar a “qualidade do atendimento” prestado à população, com o objetivo de reduzir ou mesmo eliminar as “listas de espera”.
Por sua vez, Cristiano Santos pediu para a região uma aposta forte e séria na ferrovia, com a requalificação, há muito adiada, da Linha do Vouga e a ligação do Porto de Aveiro à Europa.
Relativamente ao ensino enfatizou que as escolas privadas “têm sido muito prejudicadas pelas políticas esquerdistas do Partido Socialista”.

11 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
31 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *