Sociedade

Mais de uma tonelada de papel e cartão depositada nos contentores de Natal

• Favoritos: 1


A iniciativa decorreu entre meados da semana passada e a última segunda-feira, com 75 recipientes espalhados pela cidade para receber o que sobrou dos embrulhos das prendas desta quadra.

Entre os dias 22 e 27 de dezembro, o sistema de recolha de resíduos da cidade de S. João da Madeira foi reforçado com 75 contentores destinados especialmente à recolha de papel e cartão de embrulhos das prendas de Natal. Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal, colocada em prática em articulação com a empresa SUMA, concessionária da limpeza urbana da cidade.
O jornal “O Regional” obteve, junto da autarquia, a informação disponibilizada pela SUMA sobre as quantidades desses resíduos que foram depositados nos referidos recipientes, que foram espalhados por diversos pontos do concelho, tendo sido possível identificá-los por um grafismo alusivo ao Natal e pela frase “Ofereça-nos o que sobra dos seus presentes!”.
Ao todo, foram recolhidos cerca de 1360 quilogramas de papel e cartão, não sendo possível a comparação direta com as edições anteriores desta iniciativa municipal, pois até este ano essa contabilidade era feita em número de contentores (49 em 2020). Fonte da Câmara Municipal adianta ainda que, para além da habitual disponibilização desses recipientes de Natal, houve “reforço na recolha dos ecopontos este ano”.
A aposta da autarquia nesta iniciativa, que já é desenvolvida há vários anos em S. João da Madeira, visa fazer face ao aumento da produção de papel e cartão na quadra natalícia, de forma a que este tipo de resíduos possa ser devidamente separado do lixo comum e encaminhado para reciclagem.
A disponibilização destes “contentores de Natal”, que são já uma marca da cidade, “tem igualmente uma vertente pedagógica, pois constitui mais uma forma de sensibilização das famílias para a importância da separação de resíduos e a sua valorização através da reciclagem”, informa a Câmara Municipal.

6 visualizações
bookmark icon