Sociedade

Família Flores transforma casa num refúgio natalício

• Favoritos: 2


A família Flores mantém viva uma tradição com mais de 40 anos e são vários os pormenores que marcam a diferença de uma casa que vira atração nesta altura do ano. Com uma decoração “única e especial”, tanto no exterior, como no interior.

Há uma casa que, por estes dias, está transformada num pequeno refúgio natalício. É assim há mais de 40 anos e com o passar dos tempos tem conquistado miúdos e graúdos pelo seu charme e bom gosto na decoração. A melhor altura para ser visitada é ao final do dia ou pela noitinha, quando a casa fica iluminada. E o autêntico postal de Natal fica cravado nas paredes da residência de Maria José e do médico Flores Santos Leite até ao dia de Reis. “Esta é uma tradição de família adquirida há longas décadas pelos nossos antepassados e que se resumia ao presépio puro e simples e a uma árvore de Natal muito modesta”, conta Maria José.

Maria José e o médico Flores Santos Leite mantem viva uma tradição de Natal com mais de 40 anos

Com o passar dos tempos, a família foi “adquirindo novos conhecimentos” através das viagens e das ideias que o genro e a filha do casal traziam e que aos poucos foram colocadas em prática, “numa oficina criada de raiz” nas traseiras da casa, onde põem mãos à obra. “Tudo começa logo depois das férias de verão, num espaço que vai acumulando decorações de anos anteriores e que em muitos casos vão sendo adaptadas para outras edições”, explica Flores Santos Leite.
Neste ano, os Elfos estão por todo o lado, são o tema escolhido. Com uma decoração única e especial, no exterior há um mar de luzes que espalham magia, no interior a casa esconde centenas de motivos natalícios espalhados por todos os cantos e esquinas. E onde figuram, também, mais de 200 presépios de várias partes do mundo.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3871 de O Re­gi­onal,
pu­bli­cada em 23 de dezembro de 2021

2 Recomendações
66 visualizações
bookmark icon