Opinião

Iluminação...

• Favoritos: 5


Chegamos àquela altura do ano em que está tudo iluminado. Convida-se as fanfarras, os coros estão todos apostos, afinam-se as gargantas, por todos os meios disponíveis avisa-se o povo para que não faltem à hora de abertura da iluminação. Fazem-se pedidos ao S. Pedro para que faça um adiamento da necessária chuva que nos tire da secura que se vai sentindo. Normalmente , o que mais sentimos por estes dias é o frio, dito de rachar... Chegado o momento, e depois de muitos: Ah, ah!, de exclamação, lá vem as críticas... “Já vi melhor... Bem, sempre está um pouco melhor do que no ano passado (ninguém se lembra, mas convém molhar o bico, e se for para dizer mal... isso é cá connosco!) Vejam a iluminação dos nossos vizinhos... é melhor e mais bonita! Podiam fazer assim e assado!... Eu vi na televisão, em Nova Iorque é que é!!!
Ó pessoal, nós vivemos aqui e é com esta iluminação que temos de passar esta quadra, até temos uma pista de gelo! Só lamento é não saber patinar, mas também não prometo que vá aprender.
O que é que temos mais?
Temos é um enorme número de iluminados que sabem de tudo e de tudo opinam... Pena é que a nossa iluminação os deixe ofuscados. Por falar em iluminados, deixem de olhar só para o vosso umbigo... E quando, justamente, realçam o nome de um miúdo, Henrique Silva, que foi campeão nacional dos 200 metros mariposa, já agora parabéns, quando no mesmo campeonato a nossa, eu digo nossa, porque ela ainda é uma sanjoanense Ana Rodrigues foi três vezes campeã nacional!!! Enquanto escrevo esta crónica ficamos a saber que a Ana Rodrigues juntou ao seu enorme currículo mais dois recordes nacionais, 50 e 100 metros bruços. Que currículo!
Já agora, não sou um iluminado, mas a minha experiência de muitos anos deram-me umas luzes para vos poder falar do basquetebol... Fui ver o jogo da A.D.S. com o Esgueira neste fim de semana que passou, é o segundo jogo que observo. Foi pena, não se podem perder tantas bolas e creio que se acreditarem mais nas vossas possibilidades, irão ter o sucesso necessário para ficarmos na Proliga. Já agora, e se me permitem deem mais espaço aos miúdos...
Na música saiu um velho disco do Zeca Afonso “Venham mais cinco”.
Nos livros, “Prometo falhar todos os dias”, de Pedro Chagas Freitas.
Pessoal, que este natal seja bem iluminado para todos vós!

5 Recomendações
5 visualizações
bookmark icon