Cultura e Lazer

Um poeta, um pianista e dois bailarinos levam palavras, música e dança à Biblioteca Municipal

• Favoritos: 16


Este sábado, 27 de novembro, em S. João da Madeira

“A música em que a voz dança” é o título desta iniciativa, que inclui uma oficina e um espetáculo. O autor e declamador José Fanha é um dos participantes.
“A palavra assume o destaque e ganha corpo numa viagem pela música e dança latina”. É este o mote de “A música em que a voz dança”, que decorre na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira, neste sábado, 27 de novembro.
Esta é uma iniciativa com dois momentos: às 14h30, realiza-se uma oficina; às 18h00, tem lugar um espetáculo. As inscrições e reservas de bilhetes devem feitas através do endereço de correio electrónico bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt.
A oficina tem como publico alvo maiores de 12 anos e é apontada como “um encontro de expressões, linguagens artísticas e culturas, envolvendo a comunidade na criação de pontes interdisciplinares, relacionando a palavra com a música e o movimento, numa visão integrada da experiência artística”.
No fundo, esse workshop constitui uma “forma de integração do público” na estória do espetáculo que se seguirá, e que pode ser descrito como “um concerto de dança declamada”. O elenco inclui o poeta e declamador José Fanha, o pianista Carlos Garcia e os bailarinos João Fanha e Raquel Santos.
José Fanha tem uma longa ligação a S. João da Madeira, como comissário do festival Poesia à Mesa. Carlos Garcia escreveu inúmeras obras originais de música erudita e arranjos para ensembles de várias formações. João Fanha e Raquel Santos são um par de bailarinos e professores especializados em Salsa, Mambo e Cha Cha Cha.

16 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
27 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *