Sociedade

Novos equipamentos vão permitir reduzir perdas de água

• Favoritos: 29


Águas de S. João investiu em novos equipamentos para reduzir perdas de água. Um investimento que ronda os 280 mil euros, englobados num total de cerca de meio milhão de euros para reforçar a eficiência hídrica, com comparticipação comunitária.

“Trata-se de um importante investimento da empresa municipal Águas de S. João que está em curso para tornar mais eficiente o desempenho da rede de abastecimento do concelho de S. João da Madeira”. A garantia foi deixada na última quinta-feira, dia 11, pelo Presidente da Câmara de S. João da Madeira, durante a apresentação de alguns desses equipamentos, que decorreu na Estação de Tratamento de Água dos Ribeiros.
Jorge Vultos Sequeira destacou a relevância deste investimento, que “permite combater um problema de natureza ambiental, através do recurso a tecnologia que ajuda a diminuir o desperdício de um bem escasso e essencial como é a água”.
O autarca – acompanhado pelo vice-Presidente da Câmara, José Nuno Vieira, e pelo Diretor-geral da empresa municipal “Águas de S. João”, Daniel Matias – reafirmou ainda que, com este investimento, “o sistema de abastecimento e gestão de água em S. João da Madeira já está a tornar-se mais eficiente”.
Segundo o autarca, neste lote destacam-se aparelhos para inspeção vídeo de condutas, de forma a permitir, em diversas situações, detetar anomalias nas redes sem a necessidade de abrir vala. Estão igualmente contemplados instrumentos para pesquisa ativa de fugas por meios acústicos, possibilitando a localização exata das mesmas e diminuindo assim a área de intervenção aquando da intervenção de reparação.
Apesar de se encontrar ainda numa fase inicial, este processo de modernização “já está a produzir resultados”, contribuindo para que o nível de perdas de água seja o menor registado até hoje pela empresa municipal, com um valor inferior a 20 por cento, “bastante abaixo da média nacional, que se situa nos 28,8%, segundo os dados mais recentes da ERSAR (2019)”, segundo revelou o diretor-geral da “Águas de S. João”.
Daniel Matias enfatizou que o objetivo dessa empresa municipal é o de “reforçar e consolidar” essa evolução, “concretizando o projeto de eficiência hídrica atualmente em curso”, no âmbito do qual “os novos equipamentos representam uma fatia de perto de 280 mil euros, num total de investimento de cerca de meio milhão de euros”, que conta com comparticipação comunitária, através do Fundo de Coesão.
Noutra vertente, este projeto contemplou, “estando já concluída”, a instalação de mais de 4.500 metros de condutas, a remodelação de 132 ramais e a colocação de 24 marcos de incêndio novos, em diferentes pontos do concelho.

29 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
45 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *