Autárquicas 2021

CDU só elegeu para Assembleia Municipal

• Favoritos: 62


A CDU não conseguiu eleger nenhum vereador para a Câmara Municipal e perdeu a representatividade na Junta de Freguesia. Apenas elegeu para a Assembleia Municipal, mantendo um mandato.

Apesar de ter alcançado 4,57% dos votos, contra os 4,02% de 2017, a CDU não conseguiu eleger Jorge Cortez, que encabeçou a lista à Câmara Municipal, para vereador e, assim, retirar a maioria absoluta aos socialistas.
Para Jorge Cortez, a “CDU ficou muito aquém daquilo que se propôs”, pois não conseguiu eleger um vereador o que “seria a única forma de dar diversidade de opinião ao executivo municipal”. “Vamos continuar com uma câmara bipolar continuando o que se verifica há muito”, considera o candidato.
Além disso, lembra que não foi possível “reforçar a representação na Assembleia Municipal mantendo uma só eleita, como no mandato anterior” e ainda “perdeu a eleita na Assembleia de Freguesia, deixando de ter, pela primeira vez desde o 25 de Abril, representação naquele órgão”.
“Apesar deste insucesso, os ativistas da CDU garantem que como sempre vão continuar a sua militância em prol da nossa cidade”, assegura Jorge Cortez, que conclui agora o mandato como deputado municipal.
Relativamente à Assembleia de Freguesia, a CDU teve 5,51% dos votos (535 votos), sendo a força partidária menos votada. O Bloco de Esquerda ficou à sua frente, apesar de também não ter conseguido representatividade, com 5,82% (565 votos).
Em 2017, a CDU teve 5,60% da votação (622 votos), o que fez com que, à luz dos resultados dessas eleições, conseguisse eleger uma deputada para a Assembleia de Freguesia.

62 Recomendações
25 visualizações
bookmark icon