Autárquicas 2021

Bloco defende o reforço do hospital

• Favoritos: 58


O Bloco de Esquerda visitou, segunda-feira, dia 20, o hospital de S João da Madeira e lembrou ao Conselho de Administração que atualmente só existe um hospital público a servir os sanjoanenses, “porque o projeto da Direita foi derrotado”.

Na visita estiveram presentes a candidata à Câmara Municipal, Sara F. Costa, e o deputado do BE à Assembleia da República, Moisés Ferreira.
“PSD e CDS, Castro Almeida e João Almeida, quiseram retirar o hospital de S. João da Madeira do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e entregá-lo à gestão privada da Santa Casa da Misericórdia”, refere o partido em comunicado. Para os bloquistas, ainda há um “longo caminho a percorrer” e que o mesma passa pelo reforço da unidade e não pela sua “destruição”, por isso, o caminho “é votar em quem defende o SNS e não em quem quer fazer dele um negócio para privados”, diz a mesma nota.
O BE defende mais profissionais para o bloco operatório e para a realização de meios complementares de diagnóstico e terapêutica, de forma a “poder reforçar ainda mais a capacidade cirúrgica e de forma a poder-se fazer ali os exames que a população necessita”. Esta força política defende ainda o desenvolvimento e investimento nos serviços de saúde mental, a existências de mais consultas de especialidade, o reforço do serviço de cirurgia e uma maior articulação com os cuidados de saúde primários para realização de exames.

58 Recomendações
22 visualizações
bookmark icon