Cultura e Lazer

Cátia Cardoso publica ‘Antes que o amanhã se vista de fogo’

• Favoritos: 48


Desde criança que a escrita esteve muito presente na vida de Cátia Cardoso, jornalista de ‘ O Regional’. Aos 24 anos acaba de publicar “Antes que o amanhã se vista de fogo”, o terceiro e o “melhor” livro da autora, uma vez que revela uma evolução.

Quando, em dezembro do ano passado, chegou à redação de ‘O Regional’ já tinha dois livros publicados. Agora, publica o terceiro, regressando à poesia, o género literário com que se estreou aos 17 anos com a coletânea “Poesia Silenciosa”. Aos 18, publicou ainda um romance, “Linhas Delicadas”, estreando-se como autora de prosa.
“Antes que o amanhã se vista de fogo” é para a escritora um livro diferente e, na sua opinião, “o melhor dos três, pois nota-se uma evolução na escrita, até porque comecei a escrever muito cedo e, nesse sentido, acredito que a margem de progresso também é maior”, enfatiza a autora.
Sobre ter três livros publicados aos 24 anos, Cátia Cardoso sustenta que é “natural”, justificando que a escrita está presente “todos os dias, ainda que em diferentes formatos” na sua vida.
“Encaro o facto de ter três livros publicados com a mesma naturalidade com que encaro o facto de ter alguns artigos científicos ou de ter várias notícias e reportagens”. “Gosto de escrever, por isso escrevo”, afiança.
Natural de Arouca e a residir em S. João da Madeira desde 2015, Cátia Cardoso explica que o seu novo livro contém poemas que foram escritos ao longo dos últimos anos, sem conseguir precisar datas, completando que “para chegar a estes, e já depois de ter publicado outros aos 17 anos, houve muitos queimados”.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3857 de O Re­gi­onal, pu­bli­cada em 16 de setembro de 2021

48 Recomendações
106 visualizações
bookmark icon