Política

Plano Municipal da Saúde com foco na prevenção

• Favoritos: 67


A criação de um Plano Municipal da Saúde é uma das linhas mestras da candidatura do PS à Câmara, encabeçada por Jorge Sequeira. O objetivo é integrar medidas já implementadas com novas respostas de prevenção para áreas como tabagismo e alcoolismo.

A vacinação contra o rotavírus gratuita, o programa de prevenção de doenças cardíacas, o apoio na instalação de serviços de saúde oral no centro de saúde e o trabalho feito na saúde mental com a Associação Mentemovimento, são as medidas lembradas por Jorge Sequeira.
A ‘O Regional’ o candidato considerou que o trabalho feito ao longo do mandato mostrou que a autarquia pode promover políticas de saúde.
“Aprendemos que a autarquia pode dinamizar boas políticas de saúde” e “temos uma forte ambição de fazer mais”, realçou Jorge Sequeira, que tem sido acusado, pela oposição PSD/CDS, de ter “falta de ambição”.
Nesse sentido, o objetivo do socialista é “integrar tudo”, em colaboração com “uma entidade especializada”, remetendo também para programas como o PT Sénior, que “traz mobilidade a idosos com pouca autonomia”.
A promessa, caso seja reeleito Presidente da Câmara, é de apresentar respostas de “sensibilização e prevenção” noutras áreas, como tabagismo, alcoolismo e diabetes.
“Vamos trabalhar com técnicos, mas serão sobretudo ações na área da prevenção”, sustenta.
Outra novidade do programa de Jorge Sequeira é a oferta de lanches escolares a crianças do jardim-de-infância e do primeiro ciclo das escolas do concelho. Aliás, para o candidato, trata-se mesmo de uma “medida bandeira”.
“Diria que é uma medida importantíssima que visa, por um lado, assegurar que todas as crianças comem um lanche saudável e, por outro lado, contribuir para ajudar os pais na gestão da vida escolar”, explica Jorge Sequeira.
Mantendo-se na Câmara Municipal, Sequeira pretende que seja uma oferta diária de lanches, tendo em consideração os escalões de rendimento. “A Câmara vai criar o serviço e obviamente que para alguns será gratuito, de acordo com os escalões de rendimento, na mesma lógica das refeições escolares”, indica.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3857 de O Re­gi­onal, pu­bli­cada em 16 de setembro de 202117

67 Recomendações
80 visualizações
bookmark icon