Autárquicas 2021

“Até ao natal criaremos 50 lugares de estacionamento”

• Favoritos: 64


Mais estacionamento e um equipamento para crianças no centro da cidade. A promessa é do cabeça de lista da coligação 'A Melhor Cidade do País' à Câmara Municipal e foi feita este sábado na apresentação das listas, que contou com Marques Mendes.

Para o mandatário, Manuel Castro Almeida, João Pinho de Almeida é o “melhor colocado” para “ganhar as eleições” e “recolocar S. João da Madeira na vanguarda do desenvolvimento”.

“Verdadeiramente feliz e motivado para tornar o sonho em objetivo e o projeto em realidade”, o candidato à Junta de Freguesia, Pedro Neves, sublinhou que é o mais experiente na freguesia, cujo executivo e a presidência da assembleia já integrou.

Pedro Neves também apontou críticas aos socialistas, a quem apontou um “estado de espírito” de “fardo”, “peso” e “canseira”. “Para nós trabalhar pelas pessoas da nossa terra é um orgulho, é força, é felicidade e é determinação”, disse.

A candidata a Presidente da Assembleia Municipal, Fátima Santos, que começou por se apresentar na primeira pessoa, considerou que a candidatura que integra “é um bom livro para se querer ler” e “junta forças políticas diversas num objetivo só”.

“Nesta cidade falta ânimo, não temos pessoas a sorrir”, referiu ainda a ex vereadora da presidência de Castro Almeida, entendendo que se sente “falta de ambição”, numa cidade que “tem tudo”, mas precisa de “ter mais”, acrescentando “camadas à base”.

Já Marques Mendes referiu, por várias vezes, que um presidente da câmara não pode ser apenas “simpático”, é também preciso ser “influente”. “A influência de quem é uma figura pública e tem peso mediático”, sustentou, completando que deve ser uma “influência saudável”, remetendo para João Pinho de Almeida. “Ou S. João da Madeira dá a volta ou tem muito a perder no futuro”, considerou.

Salientado o “muito conhecimento” da cidade que têm Pedro Neves e Fátima Santos, João Pinho de Almeida realçou a vontade de transferir competências para a Junta e, entre outras, de levar às escolas ferramentas das áreas digitais e de programação.

“Quero trazer a S. João da Madeira embaixadores de países relevantes”, destacou também o candidato à Câmara, acrescentando que a cidade tem de “ser aberta ao mundo, naquilo que dá e no que pode captar”.

No final da sessão, foi dado a conhecer o hino da campanha.

64 Recomendações
212 visualizações
bookmark icon