Desporto

Hóquei em Patins Feminino: Sanjoanense entre as quatro melhores equipas nacionais

• Favoritos: 42


A AD Sanjoanense apurou-se para as meias-de-final do Campeonato Nacional, ao vencer o terceiro e derradeiro jogo do play-off, por 4-3, frente ao Infante Sagres. Depois da derrota no Porto, duas vitórias caseiras, mas a última foi digna de uma final.

Depois de no feriado, 10 de junho a AD Sanjoanense ter perdido a primeira partida dos play-off dos quartos-de-final do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins Feminino, após dois prolongamentos, alcançou agora duas vitórias caseiras no sábado e domingo.

No sábado a tarefe ficou facilitada com a excelente entrada em jogo, chegando rapidamente ao 3-0, que depois se veio a confirmar como relevante para o desfecho final da partida, em que venceu por 6-1.

Já no domingo a história foi bem diferente. Quem entrou melhor foi o Infante Sagres, que aos 12 minutos já vencia por 0-1, com golo de Inês Açoreira, a jogadora mais influente na manobra das visitantes.

Reagiram as alvinegras, e à passagem dos 18 minutos grande oportunidade, em lance de bola parada. Inês Ferreira “Marega”, de livre direto desperdiçou a oportunidade. Mas, a jogar em Power Play, por mostragem de cartão azul a Inês Açoreira, a Sanjoanense aproveitou para chegar à igualdade, e Renata Balonas fez o 1-1, aos 20 minutos.

Mas, durou pouco tempo a igualdade, porque a irrequieta Inês Açoreira voltou a fazer estragos e fez o 1-2, aos 23 minutos, levando a sua equipa em vantagem para os balneários.

O intervalo fez bem à Sanjoanense, que não podia pedir melhor reentrado no jogo. Aos 23 segundos, Inês Ferreira “Marega”, empatou a partida (2-2). E, embaladas pelo golo do empate, as comandadas de Jorge Moreira foram à procura do golo, que surgiu aos oito minutos, por Joana Rodrigues. Estava dada a “cambalhota” no marcador.

Era o melhor período das “Guerreiras” que, aos 11 minutos poderiam ter feito o quarto golo, de livre direto a castigar a 10ª falta do Infante Sagres. Mas, estava escrito que esta eliminatória os livres diretos não haveriam de entrar, e Renata Balonas desperdiçou a oportunidade de ampliar a vantagem. Não surgiu de bola parada, mas dois minutos depois, Inês Ferreira “Marega” bisou na partida e colocou a Sanjoanense a vencer por 4-2.

Festejos alvinegros pela vitória

 

Mas, as visitantes não atiraram a toalha ao chão e aos 14 minutos reduziram por intermédio de Daniela Costa. A partir daqui ainda havia 11 minutos para se jogar e a partida ganhou velocidade, com o Infante Sagres a pressionar alto e a disputar os lances até à exaustão. Oportunidades não faltaram para ambos lados, porque o jogo ficou aberto, e por isso Jorge Moreira pediu mais calma às suas jogadoras, de forma a segurar a preciosa vantagem.

Até ao apito final não houve mais alterações no marcador, e a Sanjoanense venceu 4-3, garantindo a passagem às meias-de-final do play-off. As alvinegras estão agora no lote das quatro melhores equipas nacionais, e nas meias-de-final vão defrontar o Sporting, com a primeira partida a realizar-se já na próxima quarta-feira, 16 de junho, pelas 21h00, no Pavilhão da Associação Desportiva Sanjoanense. O segundo jogo realiza-se no sábado em Lisboa, e em caso de necessidade, o jogo de desempate realiza-se no domingo, também na capital.

42 Recomendações
177 visualizações
bookmark icon