Cultura e Lazer

Treger/Saint Silvestre nas Caldas da Rainha

• Favoritos: 40


Foi inaugurado, recentemente, o programa Casulos, no Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha (Leiria), com uma exposição que conta com obras da coleção Treger/Saint Silvestre, em depósito no Centro de Arte Oliva (CAO), em S. João da Madeira.

A diretora do espaço cultural sanjoanense, Andreia Magalhães, reforça que “o CAO tem apoiado a realização de diversas exposições através de parcerias estabelecidas com uma grande rede de instituições artísticas do país e estrangeiro”.

Trata-se, segundo explica, de “tornar as coleções acessíveis”, fora dos espaços da instituição sanjoanense, através “do apoio à produção de vários projetos”, como acontece com a exposição em causa, que tem, aliás, curadoria do colecionador António Saint Silvestre.

“Nos últimos anos, a coleção Treger/Saint Silvestre tem sido também muito solicitada por diversas entidades artísticas e museológicas, nacionais e internacionais, o que tem potenciado a sua apresentação noutros locais”, refere Andreia Magalhães em declarações remetidas a ‘O Regional’.

A exposição patente no Museu José Malhoa, comissariada pelo colecionador António Saint Silvestre, “coloca em destaque dois artistas da coleção relacionando-os com a obra de José Malhoa”.

Tratam-se das pinturas de Dado (1933-2010), “o artista que nasceu no Montenegro e viveu quase toda a sua vida em França”, e Carolein Smit (1960), “a escultora holandesa conhecida pelas suas cerâmicas figurativas que representam sobretudo animais”, de acordo com a explicação da diretora do Centro de Arte Oliva.

40 Recomendações
619 visualizações
bookmark icon