Desporto

Hóquei em Patins Feminino: Bom jogo da Sanjoanense já a pensar nos play-off

• Favoritos: 4


Jogo de fecho da fase regular do campeonato nacional de hóquei em patins feminino, entre AD Sanjoanense e Sporting CP, já com as duas apuradas diretamente para o play-off. Derrota das alvinegras (1-4) numa partida bastante intensa até ao apito final.

A equipa da AD Sanjoanense recebeu o Sporting CP, na última jornada da Prova 2 – Grupo 1 do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins Feminino. À partida para a última jornada, as duas equipas já tinham o seu futuro definido na competição, por isso este jogo serviria apenas para cumprir calendário. No entanto, estava em aberto um bom jogo, entre a terceira classificada, a equipa alvinegra, e a segunda classificada, a equipa leonina. E as expectativas não foram defraudadas.

Entrou melhor o Sporting na partida, que chegou ao 0-1, à passagem dos três minutos, por Ana Catarina Ferreira, numa jogada rápida de transição. Apesar do golo madrugador, a equipa da Sanjoanense fechou bem os caminhos da sua baliza e foi apostando nas saídas rápidas em transição. Quando não conseguiu fazê-lo trocou bem a bola em ataque organizado, criando situações para rematar à baliza de Cláudia Vicente.

Aos 12 minutos de jogo, excelente oportunidade para a Sanjoanense chegar à igualdade, na marcação de um livre direto. Bárbara Marques chamada à conversão enviou a bola ao poste, e na recarga acabou por fazer golo, mas que o árbitro da partida anulou, considerando que a jogador alvinegra o fez em infração. Tudo na mesma, e com o Sporting a jogar com menos uma unidade, por força do cartão azul mostrado a Ana Catarina Ferreira, foram as jogadoras leoninas que poderiam ter ampliado, na jogada seguinte, também em lance de bola parada. Livre direto a penalizar uma infração de Bárbara Marques, merecedora de cartão azul, e Rute Lopes na conversão, também a enviar a bola ao poste.

Até ao intervalo não houve alteração no marcador (0-1), mas não foi por falta de tentativas, com as comandadas de Jorge Moreira a justificarem o golo da igualdade, tendo no stick de Ana Rita Couto a melhor oportunidade de golo.

No arranque da segunda parte o Sporting voltou a entrar melhor na partida, e aos quatro minutos fez o 0-2, o primeiro de Sofia Moncóvio na tarde de domingo, a desviar junto ao poste esquerdo de Catarina Viola, que tinha entrada para o lugar de Daniela Pereira. A equipa leonina ganhou outro ânimo com o segundo golo e ficou por cima no jogo, sem que a Sanjoanense tenha deixado de tentar chegar com algum perigo à baliza das visitantes.

À passagem dos 15 minutos, e depois de tanto insistir, chegou ao golo, por Joana Rodrigues, que a dois tempos acabou por reduzir (1-2). A jogadora alvinegra fez um primeiro remate que foi travado pelo stick de uma jogadora do Sporting e no ressalto a colocar a bola no fundo da baliza.

O jogo ficou em aberto, deixando a incógnita no marcador, assistindo-se a 10 minutos finais muito intensos. A maior experiência das jogadoras leoninas evidenciou-se segurando a bola e jogando apenas pela certa, à espera de um erro defensivo, que surgiu a pouco mais de um minuto do final da partida, com Sofia Moncóvio a fazer o 1-3. Na jogada seguinte o Sporting fechou as contas do jogo, com o terceiro da conta pessoal de Sofia Moncóvio.

Resultado enganador perante o que se passou durante os 50 minutos de jogo. A Sanjoanense fez tudo para ter um resultado positivo, e acabou por sofrer uma derrota por números exagerados (1-4), quando estava à procura do golo da igualdade.

A Sanjoanense termina a fase regular na terceira posição, com 19 pontos, e ficará a aguardar pelo seu adversário no play-off, que se realizará dentro de duas semanas. Até lá os quatro últimos classificados do Grupo 1 vão jogar com os quatro primeiros do Grupo 2, e daí sairão os adversários de SL Benfica, Sporting CP, AD Sanjoanense e UD Vilafranquense, no play-off que apurará as quatro equipas para a Final Four de apuramento de campeão nacional.

4 Recomendações
1 visualização
bookmark icon