Desporto

Sanjoanense venceu e está na luta pela subida

• Favoritos: 21


A AD Sanjoanense bateu o Gondomar (2-1) num jogo em que dominou os 90 minutos. Os visitantes até estiveram a vencer, num golo que surgiu contra a corrente do jogo, mas no segundo tempo Elder Santana deu justiça ao marcador, ao bisar na partida.

A AD Sanjoanense recebeu, na segunda jornada da série 3 da Fase de Acesso à Liga 3, o Gondomar e só a vitória interessava aos alvinegros, que tinham sido batidos pelo Leça no primeiro jogo. Vencer era importante para manter as aspirações a uma subida de divisão e, nesse sentido, a equipa entrou determinada a chegar cedo ao golo.

O primeiro sinal foi dado por Sam Silvera, através de um livre frontal à baliza de Ricardo Neves, com a bola a passar junto ao poste direito. A Sanjoanense instalava-se no meio campo adversário e Elder Santana, por duas vezes (13' e 16') ameaçou as redes contrárias, mas a tarde parecia ser de má sorte para os avançados alvinegros.

A Sanjoanense continuava a dominar e, só aos 18 minutos, o Gondomar chegou com algum perigo à baliza de Diogo Almeida, conseguindo conquistar dois cantos consecutivos, situação prontamente resolvida pela defensiva da casa. Apesar deste lance, a Sanjoanense já justificava o golo, mas foram os visitantes que fizeram a festa.

Aos 43 minutos, num lance confuso próximo da pequena área alvinegra, Sala fez o golo, contra a corrente do jogo, num lance muito contestado pelos homens de Sérgio Machado, por pretenso fora de jogo. Márcio Torres assim não entendeu e validou o golo do Gondomar, que foi para os balneários em vantagem, castigando uma Sanjoanense que tinha feito uma boa primeira parte, apenas faltando a finalização.

A Sanjoanense voltou a entrar bem no jogo, mas o Gondomar baixou o seu bloco, dificultando a criação de espaços na área. Até que, à passagem dos 51 minutos num lance que envolveu Barbosa, o central Zé Pedro foi expulso, com cartão vermelho direto, ficando a equipa reduzida a 10 unidades.

Sérgio Machado fez a leitura do jogo e lançou Zé Leite e Mário para dar mais velocidade e presença na área, até porque Elder Santana estava muito sozinho na frente. E, no primeiro lance em que Zé Leite tocou na bola, o perigo rondou as redes de Ricardo Neves.

Aos 63 minutos o mesmo protagonista voltou a fazer estragos na defesa visitante e começava a cheirar a golo. Até que, à passagem dos 70 minutos, Tiago Gomes corta a bola com a mão e o árbitro não hesitou ao apontar para a marca de grande penalidade. Elder Santana não tremeu e fez o empate (1-1), dando alguma justiça ao marcador.

Com o golo, os alvinegros motivaram-se e acreditaram que poderiam chegar ao segundo, até porque ainda havia muito tempo para se jogar. A Sanjoanense continuou a pressionar e, aos 80 minutos, na sequência de um canto, Fábio Borges derrubou o capitão alvinegro, Rúben Pereira, e Márcio Torres voltou a assinalar grande penalidade, mostrando o segundo amarelo e respetivo vermelho ao jogador gondomarense.

Elder Santana celebra o golo que dá os três pontos

O goleador brasileiro, Elder Santana, voltou a ser chamado a bater a penalidade e bisou na partida. Estava consomada a "cambalhota" no marcador e dada uma maior justiça ao que se vinha a passar dentro das quatro linhas.

A jogar com nove elementos, os homens de Américo Soares não baixaram os braços e foram à procura do empate, mas foi a Sanjoanense que poderia ter feito o terceiro. Primeiro, aos 87 minutos, foi Mário a ver um defesa do Gondomar cortar quase em cima da linha de golo; depois foi Aldair, no primeiro minuto do tempo de compensação, a ver uma iniciativa individual ser travada pelo guarda-redes forasteiro.

Vitória justa da Sanjoanense, premiando a equipa que mais fez para ganhar ao longo dos 90 minutos. No final da partida, Sérgio Machado era um homem satisfeito com a conquista dos três pontos. O treinador considerou que o resultado foi um prémio para o grupo de trabalho, acrescentando que este é merecedor da subida à Liga 3.

A Sanjoanense é agora o segundo classificado da série 3, com três pontos, atrás do Leça, que tem quatro pontos. Na terceira posição está o S. João de Ver, que conquistou novo empate fora de portas, e que receberá os alvinegros, no domingo, dia 9 de maio, pelas 17h00.

21 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
75 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *