Sociedade

Cerca de sete mil doses de vacinas administradas

• Favoritos: 3


Jorge Vultos Sequeira, deu nota dos números da vacinação no concelho, apelando igualmente ao cumprimento das medidas de prevenção, numa altura em que está em marcha o plano de desconfinamento do Governo.

De acordo com o autarca, na reunião da Câmara Municipal da passada terça-feira, tinham sido aplicadas, até então, no no Centro de Vacinação, instalado no parque da Oliva Creative Factory, 6988 doses de vacinas.
“Estamos numa nova fase de todo este processo, que é extremamente importante, porque o foco agora é o de evitar um retrocesso”, apontou, esclarecendo que a câmara vai continuar a fazer campanhas de sensibilização, como a que fez na semana passada, em colaboração com a PSP, apelando ao uso de máscara nas esplanadas.
Apesar de prosseguir o processo de vacinação, Jorge Vultos Sequeira continua a salientar a necessidade de “evitar o descontrolo da situação, que o número de casos aumente e que se desperdicem os sacrifícios dos últimos meses”. Lembrando que a situação se pode alterar de “um momento para o outro”, o autarca concluiu: “até que ou o processo de vacinação esteja completo, ou que haja um medicamento para a doença, os nossos esforços e a nossa atenção têm que ser muito sérios”.
Quanto a testes, na semana passada foram feitos 420, nas escolas, de acordo com Jorge Sequeira. “Para a próxima semana, vão ser feitos testes nos alunos do secundário”, completou.
Maiores de 80 anos que não tenham tomado a vacina devem contactar Centro de Saúde ou Proteção Civil “Já estamos a vacinar munícipes na casa dos 70 anos”, informou também Jorge Vultos Sequeira, apelando a maiores de 80 anos, e famílias, se não tiverem sido contactados para tomar a vacina, para entrarem em contacto com o Centro de Saúde ou a Proteção Civil Municipal.
O autarca acrescentou que foi pedida a colaboração da paróquia, para divulgação desta informação, reiterando o apelo a familiares e amigos de pessoas com mais de 80 anos que possam não ter sido contactadas por “lapso”.
“Por favor, tentem contactar-nos a nós ou ao Centro de Saúde para verificar se houve algum lapso que possa ter impedido a convocatória para o processo de vacinação”, sublinhou.

3 Recomendações
87 visualizações
bookmark icon