Sociedade

Obras no Lar de Idosos São Manuel estão atrasadas

• Favoritos: 19


Sem casos positivos de SARS-CoV-2 há longas semanas nos seis equipamentos, a Misericórdia continua a apostar na vacinação e nos rastreios. As obras que decorrem no Lar de Idosos São Manuel estão ligeiramente atrasadas.

A Santa Casa da Misericórdia de São João da Madeira anunciou, esta semana, em comunicado, que decorreram, entre 29 de março e 5 de abril, a continuidade dos rastreios à SARS-CoV-2 na instituição, tendo sido testados 27 trabalhadores dos lares de idosos e do lar residencial, por pesquisa PCR. “Todos deram resultado negativo à infeção”, informou a instituição. Desde fevereiro de 2021 (há seis semanas), foram realizados 143 rastreios, “sem qualquer deteção de casos positivos” da doença.

A mesma nota refere também que decorrerá, nos próximos dias 10 e 11 de abril, a vacinação dos profissionais das respostas sociais. A Misericórdia esclarece ainda que não foram realizados, como estava previsto, o segundo momento de rastreio aos profissionais das Creches e Ensino Pré-escolar. O primeiro foi realizado a 22 de março, “aquando do reinício da atividade destes, tendo implicado 74 trabalhadores desta Misericórdia”. O segundo rastreio “estava previsto para esta semana, 14 dias depois do primeiro”.

A Misericórdia retomou, também no início da semana, a atividade no ATL do 2.º ciclo do Ensino Básico, Centro de Atividades Ocupacionais e Centro de Dia de Fajões. “Foi feito um esforço financeiro para se autonomizar o Centro de Dia do Lar de Idosos Dra. Leonilda Matos, permitindo-lhe reabrir, passando a atender utentes já muito penalizados pelo isolamento social. Idêntico processo não foi possível no Centro de Dia de S. João da Madeira, por limitação das infraestruturas”.

Obras apoiadas pelo Programa 2020

A mesma nota dá conta também da realização de obras que decorrem no edifício do Lar de Idosos São Manuel e que os utentes que necessitem “podem ser apoiados pelo Serviço de Apoio Domiciliário da instituição ou, desejando-o, serem deslocados para o Centro de Dia de Fajões”, enquanto durar a suspensão da resposta social local. “Parte das limitações referidas, que impedem a reabertura do Centro de Dia de S. João da Madeira, residem no decurso de obras no edifício do Lar de Idosos São Manuel, onde o Centro de Dia está instalado”.

Lembre-se que as obras são apoiadas pelo Programa Operacional Norte 2020 e visam a qualificação do sistema de proteção e segurança contra incêndios. A par, decorre a centralização de cozinhas, na Casa de Repouso. Ambas deverão estar concluídas até final do 1.º semestre do ano. “As obras implicaram um atraso no retomar das visitas na Casa de Repouso, reiniciadas apenas na semana aqui em reporte, por necessidade de determinação de outro espaço para aquelas sucederem”.

Nos demais equipamentos residenciais, as visitas decorrem a “bom ritmo, apoiando o bem-estar psicológico dos utentes. Tal como os passeios que os utentes fazem, acompanhados pelas animadoras socioculturais, à volta dos generosos jardins de que beneficiam todos os lares de idosos da instituição”. “A retoma das visitas, o reinício dos investimentos, a vacinação e os rastreios periódicos preventivos atestam a normalidade readquirida na Misericórdia”, refere ainda a instituição.

19 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
71 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *