Desporto

Hóquei em Patins feminino: entrada forte das visitantes foi determinante

• Favoritos: 30


Em jogo em atraso da 1ª jornada, a Sanjoanense perdeu frente ao Vilafranquense (0-2). 'Guerreiras' fizeram tudo para obter outro resultado, mas encontraram pela frente uma guarda-redes inspirada que segurou os três pontos para as visitantes.

No espaço de uma semana, as equipas da Sanjoanense e do Vilafranquense jogaram por duas vezes e ambas para o campeonato. Na semana passada, as alvinegras deslocaram-se a Vila Franca de Xira e sacaram uma vitória "a ferros", conseguida nos instantes finais. Mas, este domingo, e em jogo em atraso da 1ª jornada, a história foi bem diferente, com a equipa do Vilafranquense a mostrar-se determinada a surpreender.

A equipa de Rui Marujo chegou a S. João da Madeira, depois de um ciclo de quatro derrotas consecutivas e a querer mudar o rumo ao mau momento desportivo. Assim, entrou forte na procura do golo, com Rita Batista a aparecer na cara de Daniela Pereira e a desviar um remate do meio campo de Margarida Alves. Estava aberto o marcador.

A Sanjoanense tentou reagir, mas as visitantes fecharam bem o caminho para a sua baliza, tentando surpreender em saídas rápidas de transição. E foi num lance desses, após uma oportunidade desperdiçada por Ana Rita Couto, que as jogadoras do Vilafranquense, chegaram ao 0-2, por Irina Melício, a desviar à boca da baliza.

As ribatejanas estavam por cima no encontro e, no minuto seguinte, até poderiam ter ampliado a vantagem, na marcação de uma grande penalidade. Rita Batista bateu, mas permitiu a defesa de Daniela Pereira.

Havia ainda muito tempo para se jogar e a Sanjoanense teve de ir atrás do prejuízo. Só que, do outro lado, esteve uma equipa muito bem organizada defensivamente, que conseguiu neutralizar todas as investidas das alvinegras, alicerçadas na boa exibição da sua guarda-redes, Sandra Coelho.

Até ao intervalo, apesar das investidas da equipa da casa, o resultado não sofreu mais alteração e os primeiros 25 minutos terminaram com o Vilafranquense a vencer 0-2.

No arranque do segundo tempo, registou-se uma boa entrada da Sanjoanense. À passagem dos dois minutos, a equipa dispôs de uma grande oportunidade para reduzir o marcador, com Inês Ferreira “Marega” a ser chamada a cobrar uma grande penalidade. Frente a Sandra Coelho, a figura da partida, venceu a guarda-redes que manteve a sua baliza inviolável.

Não baixaram os braços as “guerreiras”, que continuaram a pressionar a equipa adversária, mas as jogadoras de Rui Marujo continuaram bem organizadas defensivamente e foram anulando todas as investidas da equipa de S. João da Madeira.

A Sanjoanense fez tudo para que o resultado fosse outro até ao segundo final, mas a equipa que viajou de Vila Franca de Xira foi mais feliz. Com este resultado, a equipa de Jorge Moreira manteve a terceira posição, com 13 pontos, e na próxima jornada, dia 11 de abril, pelas 17h00, recebe o líder SL Benfica.

30 Recomendações
88 visualizações
bookmark icon