Sociedade

Cidade passa para risco moderado

• Favoritos: 19


Os dados mais recentes sobre a incidência da covid-19 dão conta de que S. João da Madeira passou para risco moderado, com 114 casos ativos por 100 mil habitantes. De 1 a 7 de março, a cidade registou seis novos casos de infeção.

Não há dúvida quanto à diminuição do número de casos por 100 mil habitantes de infeções por covid-19 na região, valores que acompanham a tendência nacional. Portugal não tem qualquer município com o risco extremo de transmissão de covid-19. Os dados revelados pela Direção-Geral de Saúde (DGS) indicam não haver qualquer município com mais do que 960 infeções por cem mil habitantes, na incidência cumulativa a 14 dias.
Com esta nova atualização, a DGS anunciou, na última segunda-feira, dia 8, que vários concelhos do distrito de Aveiro desceram para risco moderado de transmissão de casos de covid-19 por 100 mil habitantes. Assim, S. João da Madeira apresenta 114 casos de infeção ativa, Oliveira de Azeméis, 111, Arouca, 188, Vale de Cambra, 127 e Santa Maria da Feira, 126, e surgem com valores que acompanham a tendência nacional, que apresenta um valor de 141 casos por 100 mil habitantes.
Perante os últimos dados tornados públicos, é possível verificar uma evolução favorável da pandemia em Portugal e no concelho. Feitas as contas, desde o dia 1 até ao dia 7 de março, foram confirmados seis casos de infeção de covid-19, um número inferior ao da semana passada. No primeiro dia do mês de março, S. João da Madeira tinha 2242 casos confirmados de covid-19.
No hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, estrutura que gere também os hospitais de S. João da Madeira e de Oliveira de Azeméis, estavam internadas (dia 9) 18 pessoas, duas nos cuidados intensivos.
Lembre-se que, há um mês, Portugal era o país com maior número de novas mortes por milhão de habitantes, com uma média de 20 óbitos diários nos sete dias anteriores, enquanto atualmente é o 26.º país do mundo neste indicador, com 2,7 óbitos por milhão.
Quanto ao número de novos casos por milhão, a 8 de fevereiro, Portugal era o sétimo país do mundo, com uma média diária de 344 casos nos sete dias anteriores, encontrando-se hoje na 57.ª posição mundial neste indicador, com uma média de 66,9 por cento.

19 Recomendações
75 visualizações
bookmark icon