Desporto

Hóquei em patins: Três pontos preciosos na luta pela manutenção

• Favoritos: 19


A Sanjoanense está de regresso às vitórias. Depois de dois empates consecutivos, os alvinegros levaram de vencida o HC Braga, por 5-2, um adversário direto na luta pela manutenção. Com estes três pontos subiu à 9ª posição com 22 pontos.   

Jogo entre dois adversários que lutam pela manutenção. À entrada para esta jornada, apenas um ponto separava as duas equipas, com o HC Braga à frente da Sanjoanense. Depois de dois empates consecutivos, era urgente somar os três pontos, até porque os alvinegros encontravam-se um lugar acima da linha de despromoção.
Entrou melhor a equipa visitante, que cedo chegou ao golo. À passagem dos quatro minutos, Gonçalo Meira abriu o ativo, num golo em que Tiago Freitas ficou a protestar, contestando a decisão do árbitro em considerar que a bola tinha passado a linha da baliza. Não analisou assim a dupla de arbitragem e estava feito o primeiro golo da partida.
A perder, a Sanjoanense foi à luta e, a oito minutos do intervalo, chegou ao empate. Jogada rápida de transição liderada por Xavi Cardos, que assistiu Facundo Navarro para o 1-1, resultado com que se foi para os balneários.
No segundo tempo, entrou melhor a Sanjoanense, pressionando forte a saída de bola do Braga e rapidamente o domínio se transformou em golo. No espaço de dois minutos, aos seis e oito, por intermédio de João Lima e posteriormente por Hugo Santos, a Sanjoanense passou para o comando do marcador (3-1). Não demoraram os de Braga a responder e, à passagem dos 10 minutos, Ângelo Fernandes reduziu para 3-2, de livre direto, com um remate forte a bater Tiago Freitas, voltando a colocar os visitantes na disputa pelo resultado.
Mas, a Sanjoanense estava melhor no jogo e essa supremacia transformou-se em golo, a oito minutos do final da partida, na marcação de um penálti. Pedro Cerqueira, chamado a converter não tremeu e rematou forte ao ângulo superior esquerdo da baliza de Leonardo Pais, para o 4-2. A vantagem era preciosa, mas ainda havia muito tempo para se jogar, obrigando a segurar os três pontos.
Os homens liderados por Tó Neves, também a precisarem de pontuar, continuaram a acreditar ser possível dar a volta. A quatro minutos do final, o capitão do Braga, Ângelo Fernandes, até poderia ter complicado as contas do jogo, mas não aproveitou da melhor forma o livre direto. Não marcaram os de Braga, respondeu no minuto seguinte Tiago Almeida, que em jogada rápida de transição, surgiu na cara do guarda-redes bracarense e fez o 5-2 final, carimbando os três pontos para a Sanjoanense.
Com esta vitória, os alvinegros subiram à 9ª posição com 22 pontos, e a meio da semana recebem a Oliveirense, no sempre apetecível dérbi regional, em jogo em atraso da 18ª jornada. Depois no sábado, 13 de março, pelas 18h00, há deslocação a Barcelos.

19 Recomendações
44 visualizações
bookmark icon