Sociedade

Rotary Club de São João da Madeira recebe Governador

• Favoritos: 24


Realizou-se no sábado, dia 27 de fevereiro, a visita oficial do governador ao Rotary Club de São João da Madeira. Para além de se reunir com os membros do clube, Sérgio Almeida abriu sessão também a convidados.

Como seria de esperar, devido à situação pandémica que vivemos, o habitual e tradicional jantar festivo ocorreu via teleconferência. Foi, ao final da tarde, que o governador deu início à sessão para convidados, nos quais se encontravam entidades oficiais e membros de 18 clubes do distrito, chegando a ultrapassar a meia centena de participantes.

Presidente do Rotary club aproveita para promover projetos do clube
O presidente do Clube de São João da Madeira, José Rocha, lembrou a importância dos projetos que a instituição tem vindo a desenvolver, nomeadamente a continuação do apoio aos profissionais e às entidades ligadas à saúde, as sete bolsas de estudo patrocinadas este ano, a prossecução da atividade da Universidade Sénior com aulas por teleconferência, a oferta de presentes de Natal aos jovens do centro de acolhimento e a 72 crianças englobadas nos cabazes de Natal da Câmara, o apoio a uma família de refugiados sudaneses e a reconstrução de instalações sanitárias a um casal vítima de AVC. Já em pleno desenvolvimento, referiu também a entrega de uma cadeira de rodas elétrica a uma utente do Lar da Misericórdia e a construção de uma casa a uma senhora inválida e carenciada.
Para concluir, o presidente cumpriu uma tradição e anunciou a entrega de uma tela com o retrato do Governador, a ser entregue pessoalmente, quando as condições assim o permitirem.

Governador reforça o apoio às comunidades
A pandemia é um assunto que está presente no tema de conversa do quotidiano das pessoas. Esta sessão não fugiu à regra, segundo Sérgio Almeida houve quem dissesse que teve azar em ser governador neste ano tão difícil, contudo considera que teve sorte em poder servir nestas circunstâncias. “Não podemos fazer os nossos convívios, é certo, mas as reuniões não são causas, são formas. A forma mudou, mas os valores mantêm-se”.
No decorrer do seu discurso,  o governador mostrou o seu forte apoio às comunidades. “neste momento temos que nos concentrar no apoio às comunidades, e nós conseguimos fazê-lo, basta ver a facilidade e a rapidez com que conseguimos entrar em ação no início da pandemia, dando um apoio inestimável aos profissionais a às instituições de saúde e de solidariedade social.”
De seguida optou, ainda, por deixar uma mensagem de positividade e esperança. “No nosso distrito, somos 2000 rotários, 89 clubes, que têm dado e vão continuar a dar uma resposta muito positiva, há muitas necessidades e muita fome. O facto de estarem aqui tantos clubes é um sinal de que vamos conseguir dar a volta por cima.”
Ao concluir a sua intervenção, Sérgio Almeida preconizou mais apoio ao clube, afirmando que “ hoje, mais do que nunca, a sociedade precisa de Rotary.”

24 Recomendações
148 visualizações
bookmark icon