Negócios

Mercadona partilha 409 milhões de euros com os seus colaboradores

• Favoritos: 20


A Mercadona reconhece o esforço dos colaboradores durante o ano de 2020, tendo estes sido os responsáveis pelo melhor ano de gestão na história da empresa.

A Mercadona partilhou 409 milhões de euros referentes a prémios de 2020, com os mais de 90 000 colaboradores que integram a empresa. Concretamente, ao valor de 366 milhões distribuído no passado dia 1 de março, através de um prémio por objetivos, somam-se os 43 milhões que, no passado mês de abril de 2020, foram também recebidos pelos colaboradores em reconhecimento do compromisso e esforço demonstrado ao longo da crise sanitária.
Esta decisão da empresa não é novidade, até porque a partilha de lucros gerados vem sendo implementada há mais de 20 anos. Desde então, a Mercadona partilhou mais de 4 200 milhões de euros.
Para Patricia Cortizas, Diretora-Geral de Recursos Humanos e Relações Externas da Mercadona, num ano como 2020, tão complexo de gerir, a empresa conseguiu atingir o melhor ano da sua história. Garantir todos os dias a abertura dos mais de 1 600 supermercados em Portugal e Espanha, não teria sido possível sem o talento e esforço diário de todos os colaboradores que formam a empresa, nem sem o seu compromisso para preparar a loja e atender. Para mim, e para todo o Comité de Direção, é um motivo de orgulho ter a oportunidade de comprovar que é nos momentos mais difíceis que surgem as pessoas excecionais que compõem a nossa equipa, e que, com as suas ações, converteram-se num exemplo para a sociedade.
A política da empresa passa também pela implementação de medidas para proteção da saúde e segurança dos colaboradores. Desde que foi declarado o estado de emergência e até à data, a Mercadona já destinou mais de 200 milhões de euros para proteger, reforçar e garantir a segurança e saúde dos clientes, colaboradores e fornecedores, fazendo das suas instalações um lugar seguro.
Outra das preocupações é ao nível dos recursos humanos, onde é pioneira com uma aposta na conciliação, formação e desenvolvimento pessoal e profissional de todos os que integram a sua equipa. Destaque para o facto dos operadores de supermercado disporem de uma jornada laboral de cinco dias, com duas folgas consecutivas. Segundo os responsáveis da empresa, “trata-se de um importante marco para a empresa e para o setor pois permite melhorar as medidas de conciliação laboral e familiar, ao poder descansar dois dias completos consecutivos por semana”. Com esta medida, a empresa reforça o seu compromisso de colocar em prática iniciativas pioneiras de conciliação laboral e familiar, que já leva a cabo há mais de 25 anos, quando decidiu iniciar o processo de passar a efetivos, todos os colaboradores. Uma política que o grupo espanhol colocou em prática desde que chegou a Portugal, apostando no emprego estável e de qualidade.

20 Recomendações
47 visualizações
bookmark icon