Desporto

Hóquei: Sanjoanense deixou fugir os três pontos no segundo tempo

• Favoritos: 59


Pela segunda semana consecutiva, a Sanjoanense deixou fugir os três pontos no segundo tempo. Depois da vantagem por 1-5 ao intervalo sobre o Turquel, os alvinegros permitiram empate a seis. A equipa desceu para o 11º lugar da classificação.

Empate da Sanjoanense na deslocação à “Aldeia do Hóquei”, a seis bolas. Jogo com duas partes distintas, bastante emotivo, cheio de incidências e contestação à equipa de arbitragem pelos homens da casa e com incerteza no marcador. Uma história que se repetiu, depois de na semana passada os alvinegros também terem saído para o intervalo em vantagem confortável, e a deixarem-se empatar no segundo tempo.
A partida não começou sem antes se ter cumprido um minuto de silêncio pelo falecimento do guarda-redes de andebol do FC Porto e da Seleção Nacional, Alfredo Quintana. Em relação ao jogo em si, assistiu-se a uma primeira parte bastante forte dos comandados de Vítor Pereira, que rapidamente chegaram ao 0-3, com golos de Tiago Almeida, Pedro Cerqueira e Xavi Cardoso. O Turquel, a precisar de pontuar para fugir à zona de despromoção, apresentou-se nervoso e a cometer diversas falhas, aproveitadas pela Sanjoanense para transformar em golo. Mesmo assim, os visitados conseguiram chegar ao golo, por intermédio de André Pimenta (1-3). A Sanjoanense voltou a ampliar a vantagem, ainda antes do intervalo, por Pedro Cerqueira e Alex Mount. O resultado ao intervalo até poderia ter sido mais favorável aos alvinegros, caso Hugo Santos tivesse convertido um livre direto.
No segundo tempo, a história do jogo foi completamente diferente. A equipa de João Simões entrou determinada em marcar rápido para entrar no jogo, e no espaço de cinco minutos reduziu para 3-5, por Tiago Mateus e Daniel Passos. Mais pressionantes e com um hóquei mais rápido, o jogo ficou partido, mas com vantagem para os da casa.

A arbitragem foi muito contestada pela equipa do Turquel

Moralizados com os dois golos, a equipa do Turquel acreditou que era possível dar a volta ao marcador e, à passagem dos 18 minutos, reduziu para a diferença mínima 4-5. NO minuto seguinte, chegou ao empate, com Vasco Luís em destaque, a bisar na partida. Os jogadores da Sanjoanense não queriam acreditar que o cenário ia repetir-se, agravado pelo facto de, no outro lado, estar Diogo Almeida a fechar a baliza, defendendo tudo, inclusive dois livres diretos no segundo tempo que beneficiaram a Sanjoanense.
Não marcavam os alvinegros, dava a “cambalhota” no marcador o Turquel, com Daniel Passos a fazer o 6-5, a três minutos do final da partida. Mas, na resposta, Hugo Santos faz de novo o golo do empate.
Até ao final da partida a emoção e a incerteza no marcador prevaleceram, mas o empate aceita-se pelo facto de que as duas equipas quiseram ganhar e, em momentos distintos, cada uma esteve por cima no jogo.
Com este resultado a Sanjoanense caiu para o 11º lugar, com 19 pontos, apenas quatro pontos acima dos lugares de despromoção. Na próxima jornada, há mais um jogo importantíssimo na luta pela manutenção, com os alvinegros a receberem um adversário direto, o Hóquei Clube de Braga, no sábado, 6 de março, pelas 17h30.


Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins - 21ª Jornada
HC Turquel  6 AD Sanjoanense 6

Pavilhão: Hóquei Clube Turquel
Árbitros: Pedro Silva e Joaquim Pinto (AP Porto)

HC Turquel: Diogo Almeida, Tiago Rafael, Vasco Luís (2), André Pimenta (1) e Daniel Passos (2)
Suplentes: Gonçalo Duarte, Miguel Vicente, André Moreira, Afonso Severino e Tiago Mateus (1).
Treinador: João Simões

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, João Lima, Tiago Almeida (1), Pedro Cerqueira (2) e Xavi Cardoso (1)
Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount (1), Pedro Rego, Facundo Navarro e Hugo Santos (1).
Treinador: Vítor Pereira

Resultado intervalo: 1-5

59 Recomendações
93 visualizações
bookmark icon