Educação

Construindo O Futuro  

• Favoritos: 71


A voz da experiência
José Pedro Bernardes (25 anos, licenciado em Direito) - A participação no «Parlamento dos Jovens» foi uma excecional oportunidade para aprender, crescer e despertar para a Cidadania. O desafio de olhar o mundo, de forma crítica, organizar ideias, apresentar e defender argumentos, na Assembleia Escolar ou na Assembleia da República, constituiu uma enorme mais-valia para as minhas competências, nomeadamente o espírito crítico, a recolha e análise de informação, a argumentação, a oratória e diplomacia q.b. Valeu, especialmente, pela exposição e superação dos receios, pelo (re)conhecimento da minha ignorância e pela exigência de superação. Para sempre, a sorte de ter sido acompanhado por magníficos colegas e professores e o orgulho por ter representado a Serafim Leite.

Verónica Belchior (25 anos, Bióloga e freelancer na área da Sustentabilidade) - Acredito que reside em todos nós um potencial de mudança que é inerente à condição de sermos jovens. Existem inúmeros veículos de participação ativa na comunidade e todos têm uma coisa em comum: a voz. É preciso ouvir a voz dos jovens e, acima de tudo, colocá-la em prática. Ninguém participa em sistemas inconsequentes - é urgente dar consequência à opinião juvenil. Para mim, participar no «Parlamento dos Jovens» com a professora Dina Sarabando, mais do que uma oportunidade de aumentar a minha literacia política e democrática, foi uma oportunidade única de perceber como é que a minha voz pode (e deve) ser ouvida. Aumentou o meu sentido de pertença à comunidade e fez-me perceber como materializar uma ideia. Se, hoje, tenho a posição interventiva que tenho na sociedade, muito se deve a ter sido realmente ouvida durante o Ensino Básico e Secundário. Hoje, sei que a minha voz conta. E sei que a tua voz conta, também. Nós contamos. Faz-te ouvir!

Manuel Barrios (22 anos, Licenciatura em Gestão e Relações Internacionais em Londres) - Ao longo dos meus anos de Ensino Secundário na Serafim Leite, fui sempre motivado pelos professores a participar em atividades extracurriculares. Uma dessas pessoas, amiga até aos dias de hoje, foi a professora Dina Sarabando que me apresentou projetos em que os jovens podiam interferir na Política e eram ouvidos por figuras do governo. A participação do Agrupamento, aos níveis distrital e nacional, ganhou uma enorme força, graças ao esforço coletivo e incomparável de professores e de estudantes, como foi o meu caso. Na minha época, representei Aveiro, na Assembleia Nacional, durante três anos consecutivos, depois de muitas horas de dedicação fora do horário escolar habitual. Contudo, posso dizer que valeu a pena! No «Parlamento de Jovens», criei memórias e amizades inesquecíveis! Foi lá que desenvolvi múltiplas ferramentas de trabalho, de análise e de comunicação, que me foram úteis na universidade e, agora, na área profissional de Recursos Humanos, numa Câmara londrina.

A voz da atual paixão  

Dinis Costa |6.º B – A «AMJ» e os projetos parlamentares têm sido importantes, pois aprendi a respeitar as opiniões dos outros, assim como os conceitos ligados à democracia e a debater. Por isso, tem sido uma experiência muito interessante, enriquecedora e que me inspira a continuar a participar.

Bernardo Fonseca |10.º A - Tenho tido a oportunidade e o orgulho de participar em projetos como o «Parlamento dos Jovens» e a «Assembleia Municipal Jovem», que dão voz a tantos jovens e onde são debatidos temas bastante interessantes, tanto ao nível municipal como nacional. Agradeço a oportunidade de participar em todas estas iniciativas e espero continuar a ter voz na mudança do futuro.

Sofia Paiva | 12.ºB – Desde o início do meu secundário que participo em diferentes projetos propostos pelo Agrupamento e pelos professores. Saliento o «Parlamento dos Jovens» que me fez desenvolver um maior sentido crítico, a minha capacidade de argumentação e um maior à-vontade para expressar a minha opinião. Este projeto dá-nos a consciência de que, embora jovens, temos uma voz e que seremos nós os próximos adultos, políticos e ativistas.

71 Recomendações
99 visualizações
bookmark icon